Nesse Mundo você verá refletido a paixão e o horror de seus senhores secretos, e a esperança da redenção que mantém a maioria dos habitantes deste lugar amaldiçoado vivendo ou não.
 
PortalPortal  InícioInício  FAQFAQ  BuscarBuscar  MembrosMembros  GruposGrupos  Registrar-seRegistrar-se  Conectar-seConectar-se  

Compartilhe | 
 

 Sobre a Camarilla

Ir em baixo 
AutorMensagem
@Sarah Saydown
Assamita
Assamita
avatar

Mensagens : 156
Data de inscrição : 15/01/2011
Idade : 26
Localização : Casa do seu Senhor

Ficha do personagem
Pontos de vida:
30000/30000  (30000/30000)

MensagemAssunto: Sobre a Camarilla   Seg Fev 14, 2011 4:52 pm

Sob
sua liderança de ferro, a Tradição da Máscara evoluiu de uma su-
gestão cautelosa para o princípio condutor da sobrevivência dos
Membros. Ainda hoje, a Camarilla se preocupa com a execução da
Máscara, mantendo a harmonia entre os Membros e os mortais,
lutando contra o Sabá, encarado como o oponente direto.
A Camarilla vê a si mesma como a verdadeira sociedade dos
Membros e está parcialmente correta. Ela é a maior seita de mor-
tos-vivos do planeta. Praticamente qualquer vampiro, não impor-
tando a linhagem, pode reivindicar sua filiação à Camarilla. Na
verdade, a Camarilla se assegura de que todos os vampiros se en-
contrem sob a sua égide, sem considerar a opinião do vampiro em
questão.
Através dos anos, a seita tem tentado estender a sua influência
sobre outras áreas da vida vampírica e todas as vezes foi fortemente
repreendida por sua insolência. Os príncipes não toleram inter-
ferências nos assuntos de suas cidades, enquanto os Matusaléns
zombam da temeridade dos mais jovens que pensam poder brincar de
Jyhad. Na prática, a influência da Camarilla começa e termina com
a proteção da Máscara, para assegurar a coexistência entre
Membros e mortais.
A Camarilla se diz aberta à filiação de qualquer vampiro inte-
ressado, não importando a linhagem, mas a grande maioria de seus
integrantes é representada pêlos sete clãs fundadores. Foram os
seus membros que fundaram a seita e apenas estes clãs compõem
regularmente o Círculo Interno, que governa a Camarilla. Outros
vampiros de diferentes linhagens podem participar de Conclaves e
reuniões, mas suas vozes frequentemente são ignoradas.
Depois da Revolta Anarquista a Camarilla se colocou verda-
deiramente contra o Sabá, percebendo ser este o único meio de
mante-los à distância. A Camarilla sozinha manteve a Máscara,
protegendo seus pares, enquanto o Sabá ignorou prontamente as
Tradições e tudo o que era sagrado, para apoiar seus sonhos para-
nóicos sobre a Gehenna. A discórdia é um luxo que não deve ser
permitido em tempos de guerra e a Camarilla acredita firmemente
que aqueles que não estão com a seita estão contra ela. Contudo,
para os assustados anciões que constituem o seu alto escalão, a
Camarilla tem vários inimigos.
Nas noites atuais, a Camarilla não é mais tão sólida quanto seus
defensores dizem que ela é. Os anciões sustentam-se em suas posi-
ções, negando-se a deixá-las em favor daqueles que atingiram a
idade da razão. Os vampiros mais jovens sentem que foram deixados
de fora de uma organização que eles devem apoiar, mas que
oferece pouca ou nenhuma recompensa aos seus esforços, a não
ser pelas ameaças de punições aos que falham. Os ancillae encon-
tram-se aprisionados no meio do conflito, incapazes de se decidir
entre os jovens ou os anciões; juntar-se aos neófitos significaria
estar relegado aos níveis mais baixos de poder, enquanto a tentativa
de se. sujeitar aos anciões envolve o risco de ferir alguma sensibilidade
e ser destruído por sua insolência.
Muitos anciões do alto escalão da Camarilla se encontram na
posição de relíquias. Uma grande parte deles não está disposta ou é
incapaz de se adaptar às novas tecnologias dominadas pêlos mais
jovens (telefones celulares, computadores portáteis, Kevlar, gra-
nadas de fósforo, lâmpadas ultravioleta, munições incendiárias) e no
mundo moderno, ser incapaz de usar telefones ou rádios deixa os
anciões em nítida desvantagem. Se eles renunciarem às suas
posições, colocando-se fora do poder, eles podem se tornar alvos
fáceis, já que seus poderes diminuiriam sem o apoio da Camarilla.
Basta alguns bandos de ancillae com a ideia fixa de diablerie e a
tecnologia de ponta em suas mãos e um ancião pode muito bem se
tornar obsoleto em mais de um sentido. Portanto, em seus excessivos
acessos de paranóia, os anciões matam os melhores e mais espertos:
aqueles que em alguma noite poderiam representar uma ameaça. O
resultado é uma organização que está canibalizando a si mesma, e
uma dessas noites vai acabar lamentando o seu erro.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
 
Sobre a Camarilla
Voltar ao Topo 
Página 1 de 1
 Tópicos similares
-
» Salazar Salvatore(Sabá) VS Nixa Romanov (Camarilla) (Algis Narrador)
» minha historinha sobre percy jackson
» Hannibal Lecter - Malkavian - Camarilla
» Alexy Klenn - Malkavian - Camarilla
» Hierarquias: Camarilla e Sabá

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Vampiro RPG :: Narrativa :: Seitas :: A Camarilla-
Ir para: