Nesse Mundo você verá refletido a paixão e o horror de seus senhores secretos, e a esperança da redenção que mantém a maioria dos habitantes deste lugar amaldiçoado vivendo ou não.
 
PortalPortal  InícioInício  FAQFAQ  BuscarBuscar  MembrosMembros  GruposGrupos  Registrar-seRegistrar-se  Conectar-seConectar-se  

Compartilhe | 
 

 A lei do "olho por olho dente por dente"

Ir em baixo 
AutorMensagem
@Sarah Saydown
Assamita
Assamita
avatar

Mensagens : 156
Data de inscrição : 15/01/2011
Idade : 26
Localização : Casa do seu Senhor

Ficha do personagem
Pontos de vida:
30000/30000  (30000/30000)

MensagemAssunto: A lei do "olho por olho dente por dente"   Sex Fev 11, 2011 6:51 pm

O princípio é simples: aqueles que
violam as leis são mortos. Um vampiro que viola as Tradições e
conquista com isso a ira dos anciões, deve ser caçado e destruído.
Todos os que ficam sabendo da condenação devem se apresentar e
participar. O nome mais comum para isso é Caçada de Sangue.
Apenas o ancião mais velho em uma cidade podem convocá-la. O
mais "velho" é considerado na maioria das vezes como o príncipe.
Outros anciões e até mesmo os ancillae podem convocá-la, mas terão
poucos seguidores; invadir o território do príncipe é burrice.
Apenas príncipes tolos convocariam uma Caçada de Sangue por mo-
tivos pessoais; mesmo os vampiros do mais baixo escalão sabem o
que isso significa, e um príncipe que o faz sem uma justificativa perde o
respeito diante de seus súditos.
Ajudar e encobrir o alvo de uma Caçada pode ser com certeza
um convite a se tornar o alvo de uma Caçada também. Por motivos de
segurança, é aconselhável que se participe da caçada, ainda que de
forma indireta, mesmo que os vampiros não concordem com a caça
e seus motivos. Um príncipe poderoso pode ordenar que todos os
vampiros da cidade sejam convocados a participar da Caçada sob pena
de serem considerados cúmplices. Este decreto é reservado aos crimes
mais sérios.
U ma Cacada de Sangue não é como uma caça à raposa, como
muitos vampiros a consideram. Os caçadores espalham-se pela ci-
dade como uma rede para rastrearem o alvo, atacando quando a
presa está à vista. Como em todos os assuntos dos vampiros, a Máscara
deve ser respeitada, e raramente os mortais percebem que algo está
ocorrendo ao redor deles, exceto por alguns estranhos incidentes,
os quais irão ou esquecer ou sobre os quais lerão nos jornais do dia
seguinte. Muitas vezes, as influências sobre o mundo mortal são
usadas para auxiliar na caça; o alvo pode notar que todas as linhas
aéreas estão reservadas de uma hora para outra, que a policia o observa, que os caçadores de bruxas patrocinados pela Igreja
foram chamados, que sua conta bancária foi congelada, etc. De
maneira perturbadora, cada vez mais príncipes têm recorrido à ajuda
dos Assamitas de fora de seu domínio, usando-os como cães de caça
contra o acusado.
A Caçada de Sangue não é convocada facilmente, embora tenha
sido mais frequente nas últimas décadas do que nos séculos
passados. A Camarilla se reserva o direito de examinar a decisão do
príncipe durante um conclave, ouvindo as provas contra e a favor
do acusado. A ameaça do conclave tem sido um empecilho
suficiente para impedir algumas caçadas de serem convocadas. Um
príncipe que convoca uma caçada sem motivo raramente sofre uma
punição formal (a menos que ele tenha feito disso um hábito), mas
frequentemente perde prestígio. Infelizmente, ainda que se prove
que o acusado é inocente (e isso geralmente ocorre após a caçada), a
tradição diz que, uma vez convocada, ela não poderá ser detida.
Um caçado pode tentar fugir da cidade e procurar um novo
refúgio, uma opção geralmente oferecida por príncipes que foram
forçados a exilar alguém em nome da estabilidade ou quando a
ofensa não exige a pena de morte. Entretanto, segundo a tradição, a
caçada continua vigorando na cidade, não importando quem a
governará no futuro. Um caçado jamais deve tentar retornar, a
menos que deseje procurar pela Morte Final.
Uma Caçada de Sangue é tipicamente um assunto que diz res-
peito apenas à cidade na qual foi convocada. No caso de crimes
hediondos, ela pode se espalhar para outras cidades, requisitando-se
que lá o alvo seja considerado criminoso. O caso de Membros que
cometem crimes que afetam a Camarilla como um todo (tais como
uma quebra espetacular da Máscara em rede nacional) é um
exemplo disso.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
 
A lei do "olho por olho dente por dente"
Voltar ao Topo 
Página 1 de 1
 Tópicos similares
-
» Passagem da Bruxa de um Olho Só
» [Treino 7] O culto ao olho sem palpebras parte 2
» Caminhando pela floresta.
» [Clássica] Noite das máscaras
» And The Battle Begins...

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Vampiro RPG :: O Mundo das Trevas :: Sociedade Vampírica :: Lextalions - A Lei de Talião-
Ir para: